Recanto Doce

por bonita detox

Leitores, padoca do ballet. Padoca do ballet, leitores. É, lá eles servem frapê. Engraçado porque esse é o nome de um passo. É uma padoca bem simples mas peguei amor. Vivi tanta coisa lá dentro, tantas conversas importantes com as colegas de dança que posso mesmo chamar de recanto. Já chorei/ri muito bebendo suco de morango com laranja e, fato curioso, já recebi tantos telefonemas importantes enquanto estava lá que cheguei a desenvolver um certo respeito-talismã pelo local. Enfim, é lá que me abasteço antes de ir para a aula. E assim como é na vida, é na padaria e você pode optar pelo caminho do bem ou o caminho do mal. Declinei desse lanchinho aqui ó (estava sendo servido para as peÇoas ao lado, boa sorte & bom dia pra elas, néam?):

No lugar dessa cola de queijo e desse pão assassino, pedi o lindo aí de baixo: pão integral na chapa com (muito) peito de peru e tomate. Comi metade. E fui bonita para a aula. Em casa eu já tinha tomado leite de arroz Biov com banana e canela. Fiz a aula toda e nem senti o tempo passar. Avante, Rocinante! =)

Anúncios