Domingo frio a gente esquenta com pilates

por bonita detox

É o que eu sempre digo, a escola de ballet onde eu faço aulas tem imã pra gente fofa. A começar a dona. Hoje, domingo, tive mais uma vez a comprovação de que minha teoria está certa. Tivemos uma manhã toda de pilates e dicas de nutrição funcional com três profissionais incríveis e com aquela energia do bem contagiante. Para quem não sabe, ballet e pilates foram feitos para quem é forte e não para quem aparenta força. E exigem disciplina, dedicação e principalmente bola baixa, senão não rola. Ego lá na ponta do pé, que é o lugar dele, umbigo no Japão, queixo para cima, ombros alinhados, períneo trabalhando, fomos todos para os exercícios posturais no solo, comandados pelo fisioterapeuta Marcelo Catenacci. Rimos, brincamos e trabalhamos vários grupos musculares. E ralamos o juju (forma carinhosa como ele chama nossos joelhos). Em seguida, duas queridas bailarinas/nutricionistas nos ensinaram como comer melhor para render mais no ballet e na vida. A Mercia Strong e a Carolina Oliboni são S2 total. Amei. O brinde foi com vinho tinto para não perder o costume. A toast!

Tio Carlos e a camiseta legenda

Pezinhos de bailarina, inconfundíveis

Dia de descanso para as pontas

Tia Ka

Comemorando com flavonóides e polifenóis

Anúncios