Chove em Itú e em São Paulo

por bonita detox

Detox parece mais coisa de verão, né? Pelo menos as pessoas sentem-se mais estimuladas a cuidar do corpo quando ele está semi-despido a maior parte do tempo. E tempo quente. O que não é nosso caso aqui em São Paulo, já que estamos tendo um agosto com cara de outubro em Londres e fica cada vez mais difícil seguir um cardápio não engordativo. Chamo de comida burra essas que a gente come só pelo prazer da boca. Ok, gourmets, é um prazer da alma quase sexual, mas no final das contas, o rim, o fígado e tudo que reside na parte interna de nossa pessoa sofre horrores e daí já viu: dor de cabeça, acne, paranóias, ciúmes da pele de porcelana alheia, inveja, enfim, nada disso é coisa de Deus, né? 😛 Pensando nisso, vou listar aqui umas opções reconfortantes e gostosas para aquecer este nosso momento déjàvu do ano. Aí vão: litros de chá de camomila, hortelã, cidreira e canela. Tudo junto e separado. Mingauzinho de aveia com leite de arroz, com canela e stevia. Sopa de beterraba, sopa de abóbora com gengibre, sopa de cenoura, batata, mandioquinha, sopas! Sem creme de leite, não vale sopa de saquinho. Batatas assadas com casca e alecrim. Sal marinho e manteiga para acompanhar. Tem uma manteiga muito boa, da marca Président, chamada La Motte, ela já vem com sal marinho, fyi. Que mais? Alcachofras! Só cozinhar em água e sal e comer com um bom azeite de manjericão. Arroz integral arbório faz ótimos risotos, pode ser com vinho branco ou tinto, como o de ontem, coloque manteiga no final. Sirva sem queijo. Não precisa mesmo. Bom, garotada, esqueçam as pizzas, os bolos e os fondues, vai. Eu sei, eu sei, fui eu quem tocou no assunto, mas é que a gente tem que encarar a realidade de frente. Mesmo porque é assim que a gente vai se olhar no espelho quando o verão chegar, né? Clean inside, be happy & have fun! Espero ter ajudado. 😀

Anúncios